Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 00:00 as 19:59

logo-c-d-t
No comando: Programa Conversas de Terreiro

Das 20:00 as 21:30

logo-c-d-t
No comando: Programa Conversas de Terreiro

Das 20:00 as 21:30

Vivência Espírita
No comando: Programa Vivência Espírita

Das 21:31 as 23:30

krishnadas
No comando: O melhor de Krishna Das

Das 21:31 as 23:59

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 21:31 as 23:59

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 23:31 as 23:59

Internet. Fim da neutralidade tem impacto no Brasil

Compartilhe:

A Internet no Brasil hoje funciona como um buffet completo: você paga pelo acesso e tem conteúdo livre. Pode escolher se vai querer salada, carnes, massas e quanto vai colocar no prato. Os provedores vendem o ingresso para esse salão de delícias, que tem de tudo, graças ao que se chama de neutralidade na rede. Cabe somente ao cliente selecionar o que irá acessar.
Nos Estados Unidos, depois de idas e vindas, esse modelo foi modificado. A exemplo do que passa a ocorrer lá, a Internet por aqui também pode mudar drasticamente.

A agência reguladora estadunidense FCC (Federal Communications Commission, na sigla em inglês), do governo do presidente Donald Trump, entendeu que era hora de mudar as regras do jogo e derrubou a neutralidade da rede na última semana, ouvindo anos de apelos de grandes empresas. A decisão contraria a política do antecessor Barack Obama, que garantia isonomia na Internet. Em outras palavras: acaba-se o rodízio, e a rede passa a ser servida à la carte.

A agência reguladora estadunidense FCC (Federal Communications Commission, na sigla em inglês), do governo do presidente Donald Trump, entendeu que era hora de mudar as regras do jogo e derrubou a neutralidade da rede na última semana, ouvindo anos de apelos de grandes empresas. A decisão contraria a política do antecessor Barack Obama, que garantia isonomia na Internet. Em outras palavras: acaba-se o rodízio, e a rede passa a ser servida à la carte.

Atentas ao movimento americano, as empresas de telecomunicações brasileiras intensificaram o lobby para modificar o Marco Civil que regula o acesso à Internet e proíbe que acordos entre empresas privilegiem serviços e produtos na rede. O professor de direito digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Renato Leite Monteiro, explica que, sem a neutralidade, o negócio deverá funcionar um pouco como se vê hoje na TV a cabo. O cliente paga por pacotes com determinados canais. Outros são bloqueados. E ainda há aqueles que exigem taxa extra para a transmissão.
“Há muito tempo as teles esperavam essa posição dos Estados Unidos para ter argumentos. Elas têm uma base política forte. Hoje, no atual governo, existe uma influência maior da iniciativa privada.

Embora as empresas de telecomunicação sempre tenham influenciado bastante governos no Brasil. Essa decisão nos EUA coloca o país que é o berço de vários serviços inovadores no mesmo patamar de países autoritários ”, avalia Monteiro.

As empresas de telecomunicações argumentam que, com o novo modelo, poderiam gerar mais capital para investir em tecnologias da comunicação. Elas também dizem que seriam capazes de fazer pacotes mais baratos, com acesso limitado a determinados serviços ou conteúdos.

Por outro lado, defensores da Internet livre argumentam que o fim da neutralidade ameaça a inovação, a liberdade e a autonomia do usuário.

O advogado e pesquisador Pedro Ramos informa que até o acesso a sites de notícias poderia ser atingido.

“O que muda nos Estados Unidos é que, a partir de agora, um provedor pode criar vários tipos de diferenciação e segmentação nos pacotes de dados. Ele pode criar uma Internet de pacotes, mas não incluir determinados serviços. Criar diferenciação no acesso, velocidade, preço, conteúdo. Talvez até para acessar sites de fora do país seja cobrado a mais”, resume.

Fonte: opovo.com.br

Deixe seu comentário:

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Saiba tudo sobre Reino de Xangô, clique na imagem

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Contato:(51)9-9856-4808

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Clique na imagem e saiba mais