Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 00:00 as 19:59

logo-c-d-t
No comando: Programa Conversas de Terreiro

Das 20:00 as 21:30

logo-c-d-t
No comando: Programa Conversas de Terreiro

Das 20:00 as 21:30

Vivência Espírita
No comando: Programa Vivência Espírita

Das 21:31 as 23:30

krishnadas
No comando: O melhor de Krishna Das

Das 21:31 as 23:59

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 21:31 as 23:59

logo-radio-cdt
No comando: Programação Musical

Das 23:31 as 23:59

Assuntos de Psicologia

Compartilhe:
neidiana

RESPIRANDO PARA VENCER A ANSIEDADE

Compartilho com vocês um tema muito presente na atualidade, ANSIEDADE. (disponível na Revista, Grandes Temas do Conhecimento – Psicologia. De Sônia Bauer).

 

A ANSIEDADE É UM MAL DA EVOLUÇÃO. REPARE EM COMO, A CADA DIA QUE PASSA, VEMOS MAIS PESSOAS ESTRESSADAS, CORRENDO SEM PARAR E COM UMA ENORME LISTA DE TAREFAS A SER EXECUTADA. ATÉ CRIANÇAS PEQUENAS ENTRAM NO FRENESI DAS ROTINAS MULTITAREFAS.

Muitos dos casos atendidos sobre ansiedade, percebe-se que alguns deles, acabam levando o individuo a desenvolver um quadro depressivo por esgotamento; outros aumentam a incidência de ataques de ansiedade que podem culminar em Transtorno do Pânico.

Os dados da organização Mundial de Saúde (OMS) não são animadores. A previsão é que, em 2020, a depressão seja a segunda maior causa de afastamento das pessoas do trabalho no mundo. Hoje, é a quarta – atrás de, em primeiro lugar, doenças cardiovasculares; em segundo, câncer; e, em terceiro, acidentes. Ainda na projeção da OMS, a previsão é de que, em 2030, a depressão seja a patologia responsável pelo maior número de afastamentos profissionais.

Sabe por quê? Por causa dessa vida corrida… ninguém para, ninguém descansa. Muitas pesquisas revelam que mães que optaram por trabalhar fora o dia inteiro (e que adoram seus bebês!) chegam em casa ainda têm de cuidar das crianças, dos maridos e de inadiáveis afazeres domésticos. Isso sem falar nos e-mails urgentes que não param nunca de pipocar na tela do celular. Assim, essas mulheres acabam se privando daquilo que realmente importa, de seu bem mais sagrado: a prole – e isso gera estresse, cansaço e frustração.

Há nem tanto tempo assim, era tudo diferente. Todo mundo voltava para casa para almoçar, tirar um cochilo e curtir os filhos para, só então, retornar ao trabalho com tudo em casa devidamente organizado e, não menos importante, com o corpo e mente, revigorados.

Hoje a historia é bem diferente. Um corre-corre sem fim. Falta tempo. E sobra ansiedade! Vivemos no estado de “luta e fuga”, produzindo mais e mais adrenalina. Assim, o terreno fica fértil para os vilões de nossa saúde mental: ansiedade, ataques de ansiedade ou de pânico, e depressão. Vilões que podem vir a interromper nossas vidas pessoais e profissionais de modo brusco.

Muitas vezes, a depressão e seus “aliados”, ansiedade, mau humor, irritabilidade e pânico são frutos do desgaste desse dia a dia sem fim. A neurociência tem se preocupado cada vez mais em investigar a ansiedade. Nos Estados unidos, por exemplo, pesquisadores já comprovaram cientificamente que pessoas mais ansiosas e depressivas têm seu lobo pré-frontal direito do cérebro mais ativado. Esse lado direito é o responsável pela ansiedade e pela depressão.

Esses vários estudiosos propuseram então um treinamento de meditação por um período de 10 a 40 minutos diário, durante 60 dias seguidos, para as pessoas ansiosas e depressivas. Resultado?  Identificaram que o lobo esquerdo delas havia sido ativado, tornando-as mais calmas e menos depressivas.

Mas como isso pode mudar tanto um quadro de ansiedade e depressão? Através da química cerebral. Na prática da meditação, temos que respirar com calma. Geralmente, essa respiração é profunda e leva em média dez, cinco segundos inspirando e outros dez ou cinco segundos expirando. Quando respiramos assim, nossos pulmões abraçam nosso coração num aconchego, aninhando-o melhor. As respostas do corpo para nosso cérebro são mais rápidas do que as respostas da mente para o corpo.

Os orientais já sabiam disso há milênios e usufruem dessa técnica e benefícios longevos, mais amáveis e generosos. Eles cultuam uma vida mais saudável.

Do que precisamos? Descanso, pausa. O que nosso corpo tem nos dado? Sintomas para nos fazer parar: ansiedade, mau humor e ataques de ansiedade que, alias, podem facilmente nos tirar da linha de batalha.

Esta na hora de pensarmos um pouco mais na nossa saúde, no nosso bem-estar. PARE, REFLITA, DESCANSE! O nosso corpo fala, então escuta ele!

 

Psicóloga Neidiana Santos

 

A Psicóloga Neidiana Santos tem participações no programa Conversas de Terreiro mensais. É Psicóloga Graduada em Psicologia pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. Para saber mais, ACESSE AQUI

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Saiba tudo sobre Reino de Xangô, clique na imagem

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Contato:(51)9-9856-4808

Apoio Cultural

Apoio Cultural

Clique na imagem e saiba mais